Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

20
Mai16

Campanha "O romance dos Céus"

João Jesus e Luís Jesus

SINOPSE:

 E se agora tudo mudasse? E a realidade deixasse de ser aquilo em que sempre acreditaste? Toda a criação do mundo onde vives, visto de uma maneira completamente diferente… Acreditavas?"

Sorteio

Como foi dito de forma implícita, iniciar-se-à um sorteio com a obra "Romance dos Céus" da Chiado Editora! Quer habilitar-se a ganhá-lo? Estas são as condições: O sorteio termina dia 2 de Junho, e será no mesmo dia em que os vencedores serão revelados!

Link do post original AQUI

- Like neste post/publicação (só na publicação original)- Comentar "Eu" neste post (original)- Partilhas este post em modo público!

Aguardo a vossa participação!

20
Mai16

"Entrevistando" - Diogo Marques

João Jesus e Luís Jesus

Leia mais uma das entrevistas do nosso blog, desta vez, ao Diogo Marques! :)

 

Diogo Marques é português de Portugal, amante e residente na mais bonita capital do mundo. Míope, portador de um coração vermelho e branco e escritor nas horas vagas. No presente ano, publicará o seu primeiro livro pela Chiado Editora.

Boa tarde Diogo, muito obrigado por te teres voluntariado para esta entrevista! Há quanto tempo (em média) escreves?

A escrita sempre foi algo que me fascinou; cedo descobri que tinha algum jeito e apetência para o fazer. Há um par de anos, criei um blogue que chegou a ter algum sucesso, porém acabei por me desfazer dele, continuando a deixar os meus textos guardados para alguma oportunidade que surgisse. No ano passado, por querer levar esta paixão mais a sério, surgiu o "Gritos Mudos", sítio onde partilho composições da minha autoria e que tanto público têm tido. Não só, mas também devido ao excelente feedback que tenho tido, surgiu a oportunidade de publicar o meu primeiro livro pela Chiado Editora, acontecimento que se materializará ainda em 2016.

Qual foi a necessidade em concreto de cirar o blog? Achou que tinha potencial para a escrita, e por isso optou por os partilhar com as pessoas?

O blogue surgiu por duas razões: em primeiro lugar, para recolher as opiniões dos que seriam os meus futuros leitores, quase como se fosse para receber algum tipo de validação, que me oferecesse certezas de que tinha o talento que pensara que tinha; em segundo lugar, para retirar os meus textos do anonimato, porquanto lhes reconhecia potencial.

O que tens a dizer acerca da leitura e da escrita? Consideras a escrita um libertação?

Escrever é uma arte e é, também, uma forma de libertação, não só dos que criam as frases, mas, paralelamente, dos que as lêem e se identificam com o que ficou imortalizado no papel.

Consideras que hoje em dia, as pessoas atribuem pouco valor à leitura de livros? Achas que as pessoas ligam mais à capa do livro?

Creio que, cada vez mais, e ainda bem, o comum dos mortais começa a atribuir um elevado valor aos livros, às palavras. Para isso muito contribuíram as diversas redes sociais, que vieram auxiliar os escritores anónimos a espalhar mais rápida e eficazmente o seu trabalho.

Já que gosta tanto da escrita; porque nunca publicou um livro há mais tempo?

Sempre tive esse objetivo e, mais tarde ou mais cedo, acabaria por materializar este desejo. Posso dizer que antes do convite da Chiado Editora, já estava em curso a elaboração de um livro, pelo que a oportunidade veio na hora certa.

Como é óbvio, tudo acontece na hora certa e por alguma razão! Considera que o seu blog tem vindo a mostrar muito desempenho?

Com certeza. E fico muito feliz por isso. Quase a fazer o primeiro aniversário, já atingiu milhares de visualizações e tenho sido inundado de palavras de incentivo e múltiplos elogios. Toda esta resposta só valida o trabalho que tenho desenvolvido.

Acha que as pessoas têm aprendido com os seus textos?

Gostado, aprendido, identificado e valorizado. Não podia pedir mais.

Muitos parabéns, então! Como é óbvio, todos aprendemos uns com os outros. Acha que a página de facebook do blogue tem contribuído com o seu trabalho no blogue?

Tem cumprido o propósito para que criada, isto é, de ajudar na partilha dos textos, de opiniões diversas, atingindo um público mais vasto e potenciando a partilha dos meus textos.

Encara o facebook como uma boa ferramenta de divulgação. Geralmente, obtém mais feedback positivo ou negativo? Como encara todo o tipo de criticas?

Até hoje, não recebi uma única crítica negativa, o que creio ser bem exemplificativo do feedback que tenho todo. Todavia, quando chegar a mim, usá-la-ei como uma forma de aprendizagem, a fim de melhorar o que faço menos bem. Convém, contudo, referir que não escrevo para agradar a ninguém: quem lê os meus textos, fá-lo porque querer e jamais me desviarei da minha rota por alguém não gostar do que escrevo.

Normalmente, os seus textos abordam que temas?

O amor e tudo o que isso implica. Como afirmo no meu blogue, os meus textos são "para todos aqueles que de amor padecem".

Costuma ler no seu dia a dia? Consideras importante ler para escrever bem?

Sim e sim. Ler de tudo. Não convém que a nossa leitura seja estanque, devemos diversificar as suas fontes, de forma a ganharmos múltiplas competências.

Para além da escrita e da leitura, que outras paixões nutre enquanto pessoa?

Tenho um amor enorme pelo Benfica. Mesmo que o tempo me fuja, arranjo-o sempre para o clube que amo. Jogar futebol, ver filmes, ir à praia, ver o pôr-do-sol e almoçar fora são outras das coisas pelas quais tenho uma especial predileção.

Que mensagem gostaria de passar aos seus seguidores? Quais os seus objetivos enquanto blogger?

Que me continuem a seguir e que, brevemente, comprem o livro que lançarei. Para isso, recomendo que se mantenham atentos à minha página no Facebook, pois será aí que partilharei todas as novidades. Enquanto blogger, não cessarei a publicação de textos no espaço que tenho, esperando que o mesmo atinja cada vez mais pessoas.

Muito obrigado Diogo por se voluntariar a esta entrevista! :)

Diogo Marques (Fan-page)

Diogo Marques (blog "Gritos Mudos")

João Jesus e Diogo Marques, in "Entrevistando"

  
  

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL