Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

14
Set16

!COMUNICADO!

João Jesus e Luís Jesus
macbookpro.pngOlá a todos,Agora, fala o Luís Jesus!Queria informar-vos que criei um novo projeto! Um projeto de blogs! Podem saber mais aqui!Criei um Website wordpress.com! Gostava que ficassem a seguir e que aderissem! Cliquem na ligação acima e saibam mais!Obrigado a todos! :)
 Luís Jesus
14
Set16

“O Amor é um passeio infinito pela vida” - Ana Ribeiro

João Jesus e Luís Jesus

Num final de tarde, quando o Outono já dava o ar da sua graça, despindo todas árvores e colorindo a paisagem de um ocre bastante forte característico, sentados lado a lado no sofá centenário da sala, cada um com a sua manta axadrezada no colo, para tentar enganar os dias frios que já se faziam sentir.

Recordávamos o nosso amor: lentamente, navegando por lugares nossos, repescando memórias e recordações e revivendo momentos antigos.

Peguei na tua mão forte e robusta, de dedos caracteristicamente esguios, longos e masculinos que tantas batalhas e guerras travaram e que tantas dificuldades ultrapassaram nos outros tempos. Olhei-te nesses olhos a  transparecerem outras vidas e outras experiências e disse:

Lembras-te quando nos conhecemos e tu me convidaste – cheio de receios, dúvidas e inseguranças – para um passeio a dois por aquela velha feira popular?

– As coisas que tu te lembras de ir buscar ao passado! – Disseste-me tu, incrédulo, com aquele teu sorriso encantador, carinhoso, suave e dedicado que me  fez apaixonar por ti desde o primeiro momento.

Encontramo-nos numa noite amena e suave de Primavera já a fugir para o Verão, junto a um velho café da cidade onde vivíamos onde tantas vezes os nossos olhares se tinham cruzado como se em todos os momentos em que as nossas almas falaram, soubéssemos que um dia alguma coisa de especial nos iria juntar e unir para sempre. E nenhum dos dois se enganou.

Naquela noite, apenas nos queríamos divertir e conhecer melhor, desejávamos apenas a companhia um do outro. Mal chegamos ao recinto da feira  compramos logo algodão-doce que deixou os nossos sentidos e emoções fluírem muito mais facilmente.

Enquanto passeávamos pela escuridão que contrabalançava com milhões luzes das mais diversas cores que nos envolviam à medida que o tempo avançava e o que sentíamos um pelo outro se ia intensificando e delineando. Sem nada que o fizesse prever, pegaste na minha mão, num toque doce e quase impreceptível como o balançar de uma pena. Estremeci e desfrutei ao máximo daquele delicioso arrepio que percorreu todo o meu corpo quando a nossa pele se fundiu pela primeira vez.

Convidaste-me para darmos um curto passeio num dos muito apetecíveis carrosseis que por ali havia e eu não perdi tempo a pensar e aceitei de imediato. Sentamo-nos e quando menos esperávamos estávamos a deixar voar tudo aquilo que guardávamos dentro do peito. Naquele curto espaço de tempo que durou aquele passeio – contigo a meu lado – tivemos uma conversa quase eterna recheada de inconfidências, de sorrisos, de momentos e de partilhas. Abrimos o coração um ao outro.

Nunca mais esqueci as tuas palavras: Que no futuro o nosso amor seja como este passeio: um passeio infinito pela vida.

E foi… Na verdade, a vida pode dar muitas voltas; mas o amor: esse só escolhe um caminho: o coração mais puro e verdadeiro que consiga tocar para sempre a nossa alma.

Continuamos juntos, meio século depois daquela noite inocente, da qual nada queríamos esperar.

Os tempos são outros, crescemos e envelhecemos juntos, a vida mudou; mas não nos mudou a nós e muito menos ao amor que nos caracteriza e mantém vivos.

Hoje vamos à feira popular como nos bons velhos tempos, queremos reviver novamente, tudo aquilo que nos fez amar. 

Ana Ribeiro, autora do blog "Escreviver"

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL