Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Letras Aventureiras | Por João e Luís Jesus

De João Jesus e Luís Jesus, nomeados os mais jovens escritores portugueses em 2016.

09
Nov16

"Escrevo-te" - Ana Ribeiro

João Jesus e Luís Jesus

Escrevo-te, no silêncio da escuridão, sob o barulho das estrelas, ouvindo pensamentos, procurando novos caminhos, desenhando sonhos e desmistificando sentimentos. Dando forma ao passado e ao presente e transformando o futuro numa simples silhueta com algumas curvas desencontradas prontas para serem limadas a qualquer momento.Escrevo-te.jpg

Escrevo-te buscando inspiração na tua figura, na tua maneira de ser, no que eras, no que és e no que serás. No ser exemplar que a dádiva da vida me ofereceu e deu a conhecer. Naquilo que me ensinaste, nas lições que me deste, na forma como me agarraste. Na tua maneira de estar: sempre ao meu lado incondicionalmente como se uma boa parte de mim – a melhor -, fosses mesmo eternamente tu ou parte de ti. No ar conquistador, no amor desmedido, na entrega desafogada, intensa e impensada. 

Escrevo-te partindo em busca do teu olhar por entre folhas de rascunho, de linhas e quadriculado, rabiscos e palavras apagadas. Numa escrita fluída e desenfreada como o teu lado mais inquieto e aventureiro, procurando o teu sorriso por detrás de cada palavra escrita.

Numa escrita intimista, calma e resguardada, como o verso mais recatado de um poema, a melodia mais intensa do teu reportório preferido e como o teu lado mais sossegado e solitário.

Escrevo-te também para te alcançar, sentindo a textura do papel como se tocasse a tua pele, como se nos tocássemos, como naqueles dias quentes de Verão e naquelas noites cinzentas e chuvosas de Inverno. Para te sentir e poder partir em busca daquilo que deixei ficar para trás.

Escrevo-te com alma e com o coração cheio de vontades, desejos e emoções; umas vezes a lápis para os momentos mais difíceis, obscuros e incertos, outras vezes a caneta para os momentos felizes e permanentes.

Tento encontrar, o que é feito de ti nas entrelinhas. O que se perdeu de nós por entre o nevoeiro mais cerrado das montanhas, o verde-pino perdido de uma floresta e o azul infinito do mar. Procuro unir peças e que algo de nós volte a fazer sentido relativamente ao que éramos.

Procuro por entre parágrafos longos, o abraço eterno que trocávamos. Em cada ponto e vírgula um reencontro, em casa vírgula uma manhã fresca e em cada travessão, as pausas felizes de que tudo era feito.

 Neste caderno de folhas rasuradas, escolho fragmentos de nós e reconstruo a vida. A vida que nos deu a conhecer.

A vida que nos uniu. A vida que nos separou.

A vida que nos fez rir e chorar.

A vida que nos permitiu encontrar consolo por entre palavras e gestos.

Aquela vida que nos tentou vencer, mas não nos demoveu.

Escrevo-te… E talvez um dia deixe de ficar sempre algo por dizer!

Ana Ribeiro, escritora e blogger do blog "Escreviver"

Mais sobre nós

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

João Jesus

Chamo-me João Jesus. Sou escritor e blogger! Sou português e habito num concelho do distrito de Vila Real! A leitura, a escrita e o filme são as minhas grandes paixões.

letrasaventureiras@sapo.pt

Luís Jesus

Chamo-me Luís Jesus. Sou ilustrador e blogger. Adoro ilustração e tecnologia. Apesar de ser ainda novo, o meu sonho é licenciar-me em engenharia informática e visitar países como a Austrália, Singapura, China e EUA.

letrasaventureiras@sapo.pt

Direitos de Autor

Plágio é CRIME! Não me importo que utilizem os meus textos desde que os identifiquem com o nome pelo qual os escrevo ou o link do blogue. As fotografias que utilizo são retiradas da internet, no entanto, se houver alguma fotografia com direitos de autor: estes não serão esquecidos. Obrigada!

Autora do Banner

DESIGNED BY JOANA ISABEL